Arquivos

Ah! Como são belas as Quaresmeiras

Tenho certeza que você já se encantou com uma Quaresmeira.

São aquelas árvores ao longo da Rodovia dos Imigrantes, que liga a cidade de São Paulo ao litoral do Estado.

A espécie, com nome científico Tibouchina mutabilis e Tibouchina sellowiana, é característica da encosta úmida da Serra do Mar e chega a medir 12 metros de altura e vive cerca de 70 anos.

Que a planta é bonita, ninguém duvida.

Mas nunca me dei conta do motivo do nome Quaresmeira. E você?

É simples. A floração da Quaresmeira fica mais intensa quando se aproxima a Quaresma, período do calendário católico que começa na quarta-feira de cinzas e vai até o domingo de Páscoa.

É muito utilizada no ambiente urbano, principalmente para paisagismo, por causa das flores e também porque não tem raízes agressivas, permitindo o plantio em diversos espaços. Além disso, por ser uma planta baixa, não interfere na fiação elétrica, o que a torna adequada para vias públicas. Dependendo da espécie as flores podem ser das tonalidades roxa, rosa e lilás.

Outro dia, passando por uma rua da cidade de Santos, dei de cara com uma quaresmeira linda de se ver (essa aí da foto). Bem que todas as vias poderiam ter árvores assim, que embelezam e alegram ainda mais o lugar onde vivemos. Não é mesmo?

O plantio da Quaresmeira pode ser isolado em calçadas, em pequenos bosques ou grandes parques públicos.

Seu crescimento é rápido e a germinação pode ser feita com sementes.

Anúncios